Hidroterapia, o uso terapêutico da água

A água é um recurso importantíssimo na cura de muitas doenças. Nosso corpo é composto de 70% de água e esta, assim como o ar que respiramos, é responsável pela vida que existe  no nosso planeta.

Muitas doenças podem ser curadas apenas com o uso da água. Ainda me lembro de como fiquei irritado com aquele médico urologista que não receitou qualquer pomada ou outro tipo de remédio para tratar de uma irritação na pele, em área sensível, recomendando apenas que o local fosse lavado com água, apenas água, sem a utilização, inclusive, de sabonetes. Estava certo!

Pela sua importância devemos nos preocupar em preservar as reservas de água potável no planeta, evitando a poluição e o desperdício.

Beber água fresca pela manhã, em jejum, e outro copo à noite, antes de deitar, deve ser um hábito em nossas vidas. Os rins e a bexiga são beneficiados diretamente com essa prática. Durante o dia devemos consumir pelo menos 2 litros. Muita gente alega que esquece de beber água e acaba substituindo por refrigerantes. Nada substitui a água pura. O nosso corpo terá um aspecto saudável, com a pele sedosa e limpa.

Quando vamos à praia podemos fazer um dos melhores e agradáveis exercícios que existem, caminhando na beira do mar, com água até os joelhos. A água salgada, em contato com nossos pés, além de proporcionar uma sensação muito boa, estimula a circulação sanguínea e reduz o estresse. Esse exercício pode ser feito numa banheira, mas nada substitui o contato direto com o mar. É como usar uma bicicleta ergométrica em vez de fazer um passeio de verdade, vendo pessoas e sentindo a brisa no rosto.

A água também pode ser usada em banhos de assento e escalda-pés. O sistema circulatório é beneficiado.

Antes de iniciar qualquer tratamento procure um médico. Quem vai passar alguns dias em São Lourenço, Caxambu, Cambuquira, ou outra estância hidro-mineral, sabe como a orientação de um especialista é importante. O exagero no consumo de diferentes tipos de água pode trazer consequências nada agradáveis, sendo a diarréia muito comum entre os afoitos.

Viva a água!

1.563 views

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>