Como reconhecer o mel de abelhas falsificado

O mel é considerado pela Organização Mundial de Saúde o alimento natural mais completo. Tem mais de 70 substâncias que fazem bem à saúde. Quando está dentro do favo e lacrado com cera, é puro. O pior é quando o homem tenta fazer o papel das abelhas.

Este vídeo nos dá algumas dicas para saber se o mel que se está comprando é produzido por abelhas ou por alguém, no fundo de quintal:

  • Olho no rótulo e no selo de inspeção sanitária. Se o selo for municipal o produto só pode ser comercializado no município de origem. Se for estadual, no estado. Para ser comercializado em todo o país tem que ter o selo do Ministério da Agricultura.
  • Mel cristalizado é bom sinal. Todo mel, quando bem manipulado, tende a cristalizar.
  • Mel de laranjeira é mais claro. Mel silvestre é mais escuro.

O problema é que o rótulo pode ser falsificado, assim como os selos e carimbos.

Neste outro vídeo, o Dr. Bactéria, personagem famoso pelos conselhos que dá na televisão, alerta para os perigos do mel.  Crianças com menos de um ano não devem consumir mel. O mel pode estar contaminado por uma bactéria de nome complicado: Clostridium Botulinum. Essa bactéria causa uma doença grave que pode até matar, o botulismo infantil. Os bebês não tem a flora intestinal desenvolvida e podem ser contaminados pela bactéria.

Olho vivo!

20.764 views

2 comentários para “Como reconhecer o mel de abelhas falsificado

  1. falo falo e não disse nada eu só quero saber discernir o mel verdadeiro do falso qual é o procedimento, é só conversa fiada o que precisa não explicam tem que melhorar .

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>