Repelentes caseiros funcionam mesmo?

O aumento dos casos de dengue neste início de 2013 tem preocupado os brasileiros. Ninguém está protegido contra a doença e basta um descuido, uma simples picada de mosquito infectado, para contaminar qualquer um de nós.

O mosquito costuma agir durante o dia, procurando as partes mais baixas do corpo, ou seja, as pernas abaixo do joelho. Mas não confie. Esteja sempre prevenido.

O uso de repelente é recomendado, mas o produto industrializado é caro e seus efeitos duram pouco tempo. Toda a área de pele deve ser protegida. O mosquito procura qualquer ponto que tenha sido esquecido.

repelentes

Os repelentes caseiros, feitos com álcool, cravo da índia e óleo também funcionam. Já falamos sobre isso aqui, há dois anos. Dizem que os pescadores costumam usar essa fórmula e não têm do que se queixar. Preparei uma boa quantidade e tenho usado regularmente. Usei o óleo de amêndoas e bastante cravos.

Como também precisam de constantes reaplicações e são bastante oleosos, não são tão confortáveis quanto os industrializados. A eficácia dos repelentes caseiros é discutível.

Enfim, vamos usar repelentes, fazer a nossa parte evitando a proliferação dos mosquitos, e esperar que não entremos para as estatísticas.

 

One comment on “Repelentes caseiros funcionam mesmo?

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.