ReBoleto facilita o pagamento de contas vencidas

Com o reBoleto você pode pagar seus boletos vencidos sem precisar ir ao banco.

“O processo de tornar válido um boleto vencido não é ilegal. É exatamente a mesma coisa que faz o caixa do banco ou o funcionário da lotérica. Fica sob a responsabilidade do usuário preencher corretamente os campos de juros e multa, para que o valor pago seja compatível com o valor devido.”

Quem disponibilizou a ferramenta foi Manoel Netto, 34 anos, baiano, atualmente morando em São Paulo. Trabalha com computadores desde 1992 (PC XT rodando MS DOS) e com Internet à partir de 1998.

“Na prática é a mesma técnica utilizada nas lotéricas, uma alteração válida da data de vencimento e valor devido para possibilitar o pagamento.”

Esta semana tentei pagar uma conta vencida, um boleto do condomínio onde moro. Embora já soubesse o valor que teria que pagar, acrescido da multa de 2%, o boleto não era aceito para pagamento pela internet, já que os últimos dígitos estavam preenchidos com o valor inicial, sem  a multa. O reBoleto gerou um novo boleto, com valor e data de vencimento atualizados, e pude fazer o pagamento pela internet sem qualquer problema. Fiz o que seria feito pelo caixa do banco, com a vantagem de não precisar sair de casa e enfrentar filas.

Não são todas as contas que podem ser pagas com a simples geração de novo boleto. Contas de concessionárias, como luz, gás, telefone e água, têm códigos diferentes e podem ser pagas mesmo vencidas, já que as multas e juros serão cobrados na próxima fatura.

Como funciona

Confira a linha digitável gerada pelo reBoleto. Você vai perceber que a única parte alterada é o conjunto final de algarismos, que correspondem ao vencimento (primeiros 4 dígitos) e o valor (os seguintes). O dígito verificador, algarismo isolado antes do último conjunto, é também regerado para validar a nova linha digitável. Os dados de banco e conta destino estão nos 2 primeiros conjuntos numéricos da linha digitável, que permanecem inalterados.

Experimente!

reBoleto

Atualização em 03 de maio de 2012

Publicado no REBOLETO:

O reBoleto está morto. Viva o reBoleto!

Caros usuários, apoiadores e amigos, o serviço de geração de nova linha digitável para boletos vencidos teve que ser retirado do ar, por exigência da Associação Brasileira de Bancos, ABBC.

Recebi uma notificação extrajudicial pedindo a retirada do site, sob a alegação de estar facilitando a fraude em títulos, a confusão de não identificação de pagamentos por parte dos credores e incentivando processos de clientes contra empresas e bancos. Apesar de discordar das alegações e mesmo tendo argumentado em reunião convocada por mim na ABBC que o reBoleto é tão somente uma ferramenta utilizada para o cálculo, com o mesmo poder que uma calculadora ou papel e caneta, e não ter surtido efeito algum, decidi não entrar em nenhuma briga judicial e estou acatando a notificação.

Agradeço a todo o apoio que tenho recebido, elogios e até ofertas de escritórios de advocacia para defender o reBoleto. Muito obrigado mesmo. A decisão está tomada.

Para todos vocês que me conhecem e ao meu trabalho, em breve terei novidades sobre esse site. A funcionalidade de regerar boletos já era, mas o reBoleto está longe de estar morto ;-).

VIVA O REBOLETO!

2.017 views

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>