Muita atenção na hora de abastecer o seu carro

Você se surpreende com tanta eficiência. Mal encosta o carro junto à bomba e já aparece um frentista pedindo a chave do tanque, outro se oferecendo para verificar a água e o óleo, mais um outro querendo lavar os vidros e, de quebra, alguém se oferecendo para calibrar os pneus, verificar a validade e carga do extintor de incêndio e o estado do limpador do para-brisa.

Desconfie de muita atenção. É muito provável que queiram distraí-lo para enganá-lo. Os golpes estão cada vez mais frequentes em postos de gasolina, denotando formação de quadrilha. Muitas vezes o gerente é conivente, sabendo de tudo e se omitindo, ou até participando do rateio dos lucros.

Há denúncias de casos em que o valor indicado na bomba é superior ao que seria esperado. O usuário, distraído, não reparou se a bomba estava zerada ao iniciar o abastecimento. Leva um susto ao ter que pagar uma conta absurda e sem ter como provar que seu carro não recebeu tanto combustível.

Ao abastecer, fique atento e siga essas dicas:

  • Pare o carro em frente à bomba e não dê atenção aos frentistas que e aproximarem.
  • Desligue o carro, retire a chave da ignição, salte e feche a porta e vidros.
  • Posicione-se em frente à bomba e, só então, fale com o frentista que vai abastecer, dizendo o que deseja e abrindo o reservatório de combustível.
  • Se outros frentistas se aproximarem com ofertas de serviços, não dê importância até que o abastecimento seja iniciado. Repare se o valor em reais e a quantidade de combustível estão zerados.
  • Observe se a mangueira que abastece seu carro sai da bomba correta. Hoje em dia as bombas estão muito próximas, na mesma unidade, contendo combustíveis diferentes. Fique atento pra não comprar um combustível e levar outro.
  • Não permita que abram o capôt. Água e óleo nunca devem ser verificados em postos de abastecimento.  Faça isso em casa, com o motor frio, antes de ligar o carro. Completar o nível do óleo com o motor quente fará com que o nível real fique acima do permitido, sujando válvulas e danificando o motor.
  • Se precisar calibrar os pneus, só o faça depois de terminada completamente a operação de abastecimento. Não permita operações simultâneas em seu carro. Você precisa companhar o que está sendo feito em cada uma delas.
  • Ao pagar a conta, cuidados ao usar o cartão. Não o entregue ao frentista. Peça a máquina portátil e acompanhe tudo o que for feito. Postos de abastecimento são os locais onde acontecem clonagens de cartão com maior frequência. Basta um descuido e… cartão clonado. Um dos maiores golpes com o cartão é pedir a senha sem entrar com o valor devido. Neste caso, a senha ficará exposta no visor, pois ocupará o local destinado ao valor. Em seguida, o frentista informa que houve um erro de comunicação, cancela e repete a operação, desta vez corretamente. Assim, ele já tem o número do cartão e também a senha.  Já pode adivinhar o que acontecerá? Então, nunca digite a senha sem verificar se o valor devido aparece no visor e se confere com as despesas feitas.

Conte sua experiência. Você já teve cartão clonado em postos de gasolina?

Atualização:

Agradeço o comentário que foi colocado nesta dica. Infelizmente não poderei publicar por causa da agressividade das palavras e quantidade de palavrões utilizados por quem o escreveu.

O leitor, aparentemente um frentista, indignou-se com o que escrevi e pergunta se todos os frentistas são ladrões.

Meu caro, claro que não. Como em qualquer profissão, há frentistas honestos e também há frentistas desonestos. Há postos que vendem gasolina de boa qualidade e há outros, infelizmente muitos, que vendem gasolina adulterada. Há frentistas que recebem seu cartão de crédito para pagar a gasolina e o clonam. Já fizeram isso com o meu. Outros, honestos, não fazem nada disso e limitam-se a receber o valor devido.

Se o usuário ficar atento, e para isso serve o alerta, o mau frentista não encontra terreno para agir e os golpes vão diminuir.

Se desagradei alguém, se passei a impressão de que generalizava, peço desculpas a quem se sentiu ofendido. Não foi essa a minha intenção.

 

 

2 comments on “Muita atenção na hora de abastecer o seu carro

  1. Parabéns a toda a equipe do Timoneiro.

    Vocês fazem um trabalho de cidadania. Coisa que muitas instituições públicas deviam fazewr e nem dão a devida atenção.

    Fico feliz por mim e minha família. Estes alertas nos protegem. não expõe você ao início do risco delituoso, pois, fará com que outras coisas possam vir a acntecer principalmente se você descobre a ação criminosa no meio do atendimento pode levar a consequências desastrosa.

    Não me ofendo, afinal falar o erro informando a categoria profissional, não degrine imagem de ninguém, afinal o que conta é o CPF que cada um possui, aí sim, se citarem o meu nome ou CPF é simples, eu processo, mas nestes casos, como os descritos nas reportagens do Timoneiro, podem soltar a lenha.

    Que Jesus Cristoi continue iluminado e abençoando toda a equipe do Timoneiro.

    E vamos com o vento.

    Antonio Carlos.

  2. Há bons e maus profissionais em todas as profissões. Algumas delas são mais propícias à aplicação de golpes, por haver um contato direto com o público. Quando conhecemos a maneira de agir do criminoso temos mais chances de nos defender, já que o fator surpresa é fundamental em qualquer golpe. Os bons profissionais não toleram esses indivíduos que denigrem a imagem da classe e sempre apoiam o nosso trabalho, inclusive fornecendo informações importantes e nos mantendo sempre em dia.

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.